18/12/19

logo-informativo.jpg-melhorado-PARA-PORTAL

Campos dos Goytacazes (RJ), quarta-feira, 18 de dezembro de 2019 – Nº 3.972

André será diretor de Gestão em Tecnologia de Informação

André Rangel de Matos

O técnico André Rangel de Matos será o futuro diretor de Gestão em Tecnologia de Informação da UENF, segundo informaram o reitor e a vice-reitora Raul Palacio e Rosana Rodrigues, empossados na última segunda-feira. Atualmente, André está à frente da Diretoria de Informação e Comunicação da  UENF (DIC), que deverá ser desmembrada, na próxima gestão, em duas Diretorias: Gestão em Tecnologia de Informação e Comunicação.

Segundo explicou Raul, esta será uma forma de fortalecer as duas áreas. “No próximo ano, por lei, a UENF deverá receber os duodécimos de forma integral. Desta forma, cada Diretoria terá seu próprio orçamento, o que será muito importante para o fortalecimento destas áreas. Evidentemente que essa mudança terá que passar pelo Conselho Universitário”, afirmou.

Raul e Rosana disseram que André foi escolhido em função do seu bom desempenho como diretor da DIC. “Durante os últimos quatro anos, avançamos muito na área de computação e queremos dar continuidade a isso. Evidentemente que o trabalho continuará a ser feito com total independência. Nossa função é ouvir vocês e procurar os recursos necessários para que o melhor seja feito. Existe uma série de demandas do setor que a gente vai cumprir, seja na parte de infraestrutura como de pessoal. Essa é uma área muito importante na Universidade”, disse.

“A gente não podia ter nesse momento um nome mais adequado para ficar à frente desta futura Diretoria, pela sua experiência e pelo modo que você vem conduzindo o seu trabalho, além do seu histórico dentro da UENF. Quando procuramos os nomes, estamos sempre levando em conta a trajetória do servidor dentro da instituição, seu envolvimento com a área, a capacidade de liderança e de tomar decisões coletivas, ou seja, alguém que saiba dialogar. Isso, claro, aliado à competência na área específica. Você tem demonstrado isso ao longo do tempo”, disse Rosana.

André agradeceu o convite, salientando a importância de toda a equipe no sucesso do seu trabalho. “Este é o reconhecimento de um trabalho que não é só meu, mas de um grupo. Tenho a sorte de  trabalhar com um grupo motivado para fazer as coisas acontecerem. Hoje a gente tem um setor bem estruturado, com condições não apenas de recursos humanos como de infraestrutura. Passamos por um período caótico em 2016 e 2017, mas felizmente isso passou”, disse.

Raul lembrou que um de seus compromissos é manter a força dos servidores técnicos dentro da Universidade. “A gente entende que se uma  pessoa é líder em um grupo, e se  ela detém o conhecimento necessário, é esta pessoa que precisa estar à frente deste grupo, independentemente de ser técnico ou professor”, afirmou.

Segundo Rosana, a nova Diretoria deverá ser solicitada a sugerir qual o tipo de curso, treinamento ou atualização profissional necessária para o melhor desempenho do trabalho, bem como possíveis cursos a serem ministrados aos demais servidores da UENF e das instituições parceiras (UFF e IFF). “É importante a gente ampliar nossa capacidade de transmissão de conhecimento. O treinamento é um grande momento para a gente se repensar, se planejar e dizer o que quer atingir”, disse a vice-reitora.

Rosana, Raul e André

Outra meta da nova gestão é promover em cada Diretoria uma autoavaliação através da técnica de planejamento estratégico denominada análise SWOT, que tem por objetivo ajudar as organizações a identificar as forças, fraquezas, ameaças e oportunidades. “É muito importante identificarmos nossos problemas internos e as ameaças, que são externas mas que podem impactar a universidade. A partir daí a gente integra esse plano de todas as diretorias para que todos possam caminhar na mesma direção”, disse.

André disse que seu principal desafio, à frente do setor, será continuar a manter os servidores motivados. “A gente pode ter o melhor recurso tecnológico, a melhor infraestura física, recursos financeiros sobrando, mas se não tiver o pessoal motivado não funciona. Este é um desafio eterno de todo gestor”, afirmou.

Dentre as suas metas, André espera dar continuidade aos projetos já existentes. Um deles é a melhoria do link da internet. Ele explicou que a UENF está tentando fazer uma licitação para a contratação de três links descentralizados: um link para o campus principal, um link para a Villa Maria e outro para o campus de Macaé. Além disso, há a expectativa de que o Governo do Estado conclua a licitação da Infovia 3. “Este é o link que hoje no atende. Se a gente conseguir isso, teremos um acréscimo da nossa capacidade”, disse. “E está sendo feita uma costura via Abruem para que a gente passe a ingressar a Rede Nacional de Pesquisa (RNP)”, disse.

Dentre outros projetos, André pretende criar um setor especifico pra trabalhar com governança. “O objetivo é alinhar a nossa estratégia  enquanto setor com a estratégia institucional  e as demandas do governo do estado. É um setor que a gente vai criar,  estruturar, pra que a partir do ano que vem comece a atuar de uma forma mais forte”, afirmou.

Servidor da UENF desde 2002, André conheceu a UENF três anos antes, quando atuou com estagiário. “Eu fazia curso técnico no Colégio Batista e um colega que tinha feito estágio na UENF falava daqui como se fosse uma maravilha. Então me senti motivado a vir pra cá. Quando terminou o estágio fui trabalhar na Petrobras, mas um ano depois soube do concurso da UENF. Passei e estou até hoje aqui”, conta André, que  de 2014 a 2015 ocupou o cargo de gerente de Informação da UENF.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Gerência de Comunicação (ASCOM)
Av. Alberto Lamego, 2.000 – Parque Califórnia – Campos (RJ)
Telefones: Ascom: (22) 2739-7815 / 2739-7813
Reitoria: (22) 2739-7003
Email: uenf@uenf.br
Gerente de Comunicação: Vitor Sendra