Mudanças em Unidades de Conservação geram carta manifesto

O Laboratório de Ciências Ambientais da UENF (LCA) e o Programa  de Pós-Graduação em Ecologia e Recursos Naturais (PPGERN) da UENF lançaram na última sexta-feira, 15/05/20, uma carta manifesto sobre a criação do NGIICMBio Rio das Ostras e a exoneração de servidores do ICMBio da chefia de suas UCs de exercício. Veja aqui.

O documento externa a preocupação dos setores da UENF em relação às recentes mudanças administrativas nas Unidades de Conservação gerenciadas pelo ICMBio em todo o território nacional, chamando a atenção para as consequências negativas na preservação e conservação da biodiversidade a curto, médio e longo prazo.

No último dia 12, o governo federal exonerou os chefes e substitutos da Reserva Biológica União, Reserva Biológica de Poço das Antas, Área de Proteção Ambiental da Bacia do Rio São João – Mico-Leão-Dourado e Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba. Segundo o Manifesto, existe uma proposta de implantação de um Núcleo de Gestão Integrada (ICMBio Rio das Ostras), englobando, além destas quatro unidades de conservação, a Reserva Extrativista Marinha de Arraial do Cabo.

“Uma mudança com esta profundidade e potencial de causar impactos negativos diversos deveria ter sido discutida e planejada junto às comunidades  locais de beneficiários e colaboradores ouvindo os Conselhos Consultivos das UCs envolvidas, muito antes do passo inicial de exonerar os administradores das UCs”, diz o documento.

Segundo  o documento, há mais de 25 anos, professores e alunos do LCA e PPGERN realizam pesquisas e cursos nestas UCs, além de colaborarem com seus Conselhos Consultivos,  principalmente nas Reservas Biológicas União e Poço das Antas e APA da Bacia do Rio São João/Mico-Leão-Dourado. “Somos testemunhas da dedicação, zelo e competência do corpo técnico do ICMBio na administração destas UCs ao longo destes anos”, diz o manifesto.

O documento é assinado pelos professores Marcelo Trindade Nascimento  (chefe do LCA), Marina Suzuki (coordenadora  do PPERN) e Leandro R. Monteiro (membro titular da UENF no Conselho Consultivo da Rebio União.

Fechar Menu