Portal da Transparência | Acesso à Informação | Fala.BR                    Rádio UENF

“UENF é uma fábrica de doutores”, afirma coordenador do Jovens Talentos

“A UENF é uma fábrica de doutores”. A afirmação foi feita pelo coordenador do Programa Jovens Talentos para a Ciência, da Faperj, Jorge Belizário, ao participar da abertura da Etapa 1 Norte Fluminense da XX Jornada Jovens Talentos para a Ciência, realizada na última sexta-feira, 25/11/22, no Centro de Convenções Oscar Niemeyer, na UENF.

— Dos que foram jovens talentos, mais de 15 são hoje doutores. Alguns até já são orientadores. E entre 80 e 90 por cento dos orientadores do Programa Jovens Talentos Para a Ciência foram gerados pela UENF. A UENF é uma fábrica de doutores, uma linha de produção produzindo muitos doutores. Parabéns à UENF. Muito obrigado por estarem nesta luta conosco — afirmou.

Um exemplo é Sanderson Dias Calixto, ex-aluno do Colégio Estadual Nilo Peçanha, em Campos dos Goytacazes, e bolsista de Pré-Iniciação Científica do Ensino Médio do Programa Jovens Talentos para a Ciência nos anos de 2009 e 2010. Atualmente, ele é pós-doutorando no Laboratório de Biologia do Reconhecer (LBR) da UENF, pesquisando sobre novos fármacos para o tratamento da tuberculose pulmonar grave. Sanderson também é coordenador do Comitê Avaliador da Etapa 1 Norte Fluminense da XX Jornada Jovens Talentos para a Ciência, da Faperj.

O coordenador regional do Programa Jovens Talentos Para a Ciência, Victor Martin Quintana Flores, professor do Laboratório de Biotecnologia (LBT) do CBB da UENF, comentou sobre o objetivo do programa. 

— O Jovens Talentos Para a Ciência é uma feira de profissões extremamente valiosa nesta época do ensino médio. É uma forma de mostrar o que cada profissão, cada projeto de pesquisa, pode fazer. É uma janela aberta, uma troca de experiências, uma oportunidade, um convívio em laboratório, em projetos de pesquisa dentro da UENF. Sintam-se acolhidos nesta universidade, que recebe vocês com muito prazer — disse.

O pró-Reitor de Extensão da UENF, Olney Motta, que representou o reitor da UENF, Raul Palacio, destacou a importância da extensão, aliada ao ensino e à pesquisa.

— É uma alegria e uma honra estar aqui representando nossa instituição. O Jovens Talentos para a Ciência é uma oportunidade única, porque o Brasil precisa exatamente de pessoas como vocês, que tenham esta chance de conviver com uma universidade e  instituições como institutos federais — enfatizou.

A XX Jornada Científica Jovens Talentos para Ciência foi dividida este ano em três eventos: um no Sul do Estado, outro em Pádua e este na UENF, que envolveu os municípios de Campos dos Goytacazes, Quissamã, Macaé e São João da Barra. Os bolsistas Jovens Talentos apresentaram suas pesquisas na parte da tarde, através de posters. Eles foram avaliados por professores e alunos de pós-graduação da UENF que se candidataram para participar. Ao final, houve a premiação dos melhores trabalhos.

Fechar Menu