Congresso de Bioética do Norte Fluminense (CONBIOET)

Quais os limites éticos das decisões que envolvem a vida humana e dos animais? Refletir sobre esta questão, cada vez mais presente no dia a dia da sociedade atual, é a proposta do primeiro Congresso de Bioética do Norte Fluminense (CONBIOET) — Construindo Pontes para um Desenvolvimento Sustentável, que será realizado de 25 a 28/10/22, de modo online.

Segundo o professor João Almeida, do CBB/UENF, um dos organizadores do evento, o Congresso contará com profissionais de renome na área da Bioética de todo o Brasil, como o professor Fermin Roland Schramm, da Fiocruz, que falará da Bioética da Proteção, teoria Bioética de grande destaque na Bioética Latinoamericana, de sua autoria, além de vários temas de interesse, como transhumanismo, abuso sexual de crianças e adolescentes, cuidados paliativos e a morte digna, bioética animal, fake news na pandemia, entre outros.

“Será o primeiro Congresso de Bioética da Região, com palestrantes de todo o Brasil, abordando várias visões da Bioética e suas várias aplicações: na saúde, na veterinária, na zootecnia, no direito, na pesquisa científica, no meio ambiente, entre outros”, disse o professor, lembrando que o Congresso é dirigido a todos aqueles que lidam com esses dilemas em seu dia a dia, como professores, enfermeiros, médicos, veterinários, biólogos e advogados.

O Congresso também aceitará a submissão de resumos, com premiação para os melhores trabalhos e publicação de todos os resumos aceitos em um livro de resumos com ISBN. Quem quiser poderá ainda participar de um concurso de fotografia com o tema “Bioética & Desenvolvimento Sustentável”, com premiação para as melhores fotos.

Criado por Van Rensselaer Potter, o termo Bioética foi apresentado para o mundo em seu livro “Bioética: Ponte para o Futuro”. “Hoje a Bioética se encontra cada vez mais presente em várias questões do nosso dia a dia. Nos hospitais, nas decisões mais cruciais tomadas na Pandemia da Covid. Nos laboratórios e clinicas veterinárias quando utilizamos animais em pesquisas ou tomamos decisões de vida e morte. Quando estudamos as mudanças climáticas, as Fake News, a política indigenista, estamos falando de bioética. E quanto mais falamos desses temas, mais urgente parece ser refletirmos sobre os dilemas éticos que os permeiam”, escrevem os organizadores no site do do Congresso.

O evento conta com o apoio da Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Cognição em Linguagem da UENF e da Sociedade Brasileira de Bioética, cuja presidente, professora Elda Coelho de Azevedo Bussinguer, fará a palestra de abertura.

Veja a programação e outras informações no site do Congresso AQUI.

Veja AQUI o Edital do Concurso de Fotografias.

     

Fechar Menu